Blog

Home > MMN  > MMN e o fim do mercado tradicional

Iremos tratar da crescente utilização do marketing multinível em comparação com o mercado tradicional. Em primeiro lugar precisamos definir o que é mercado tradicional, segundo o site conceito.de/mercado, o mercado é o ambiente social ou virtual propício às condições para a troca de bens e serviços. Também se pode entender como sendo a instituição ou organização mediante a qual os ofertantes (vendedores) e os demandantes (compradores) estabelecem uma relação comercial com o fim de realizar transações, acordos ou trocas comerciais.

O mercado aparece a partir do momento em que se unem grupos de vendedores e de compradores, o que permite que se articule um mecanismo de oferta e procura.

Baseados nisso podemos definir que o mercado e as transações comerciais desenvolvidas nos últimos 50 anos estão enquadradas, em sua maior parte, no varejo tradicional, que seria a venda direta ao consumidor, onde este busca os produtos em lojas para suprir sua demanda.

Com a atual crise econômica, muitos empreendedores têm migrado do mercado convencional para o digital, segundo a revista exame alguns pontos potencializam esse novo mercado, sendo eles:

• 94% dos internautas pesquisam sobre produtos e serviços antes de comprar;
• Os internautas brasileiros passam 3x mais tempo na internet do que vendo tv, com faixa etária média de 26 anos;
• Mais de 90% dos empreendedores digitais possuem fan page, canal no Youtube e Instagram e divulgam seus produtos e serviços nas redes sociais;
• O país já representa 59,1% de todas as transações em comércio eletrônico da América Latina, de acordo com um estudo realizado pela América Economia Intelligence e encomendado pela Visa.

Aliadas a essas informações e ao fato de que o setor de e-commerce deve crescer 17% ano que vem, observa-se um cenário otimista para qualquer empreendedor.

Fica a pergunta, e se juntarmos a potência do mercado digital brasileiro a ferramenta poderosa que é o marketing multinível?

A resposta e a revolução na maneira que conhecemos o mercado, as grandes potências mundiais já descobriram isso, 27% do PIB americano vem do MMN, no Japão o índice é de 16%. Hoje o Brasil já é o 4º Colocado em vendas feitas através de marketing de rede no mundo, e alguns fatos tem afetado de forma positiva esse mercado.

A crise que o país viveu deixou muitos desempregados, e parte dessas pessoas encontraram no MMN a forma de se manter, afirmam especialistas que o crescimento do marketing multinível será exponencial nos próximos anos.

Alertam os especialistas as principais causas de fracasso das empresas do setor são o amadorismo e a falta de regulamentação. Porém as empresas brasileiras tem conseguido reverter esse quadro e tem se mostrado cada vez mais competitivas.

Gostou desse post? Quer saber mais sobre esse ramo? Curta nossa página e deixe sua idéia para o próximo post!!!

×